23 de abr de 2016

Semana 17





Personagens cuja vida eu gostaria de viver por um dia: (filmes, livros, seriados, etc.)

Quem foi :



Virgulino Ferreira da Silva, conhecido popularmente pelo apelido de Lampião, foi o principal e mais conhecido cangaceiro brasileiro.
Nasceu na cidade de Serra Talhada (PE) em 7 de julho de 1898 e faleceu em Poço Redondo (SE) em 28 de julho de 1938.
Ficou conhecido como o "rei do Cangaço".

Biografia resumida:



- Nasceu numa família de classe média baixa.
- Trabalhou com o pai, na infância e parte da adolescência, cuidando de gado.
- Trabalhou também com transporte de mercadorias em longa distância, utilizando burros como meio de transporte de carga.
- Envolveu-se em brigas familiares na juventude e entrou para um bando de cangaceiros para vingar a morte do pai.
- Em 1922, passou a comandar um bando de cangaceiros.
- Em 1923, seu bando efetuou assalto a casa da baronesa de Água Branca (AL).
- Em junho de 1927, Lampião comandou seus homens na fracassada tentativa de tomar a cidade de Mossoró (RN). Chegaram nesta ocasião a sequestrar o coronel Antônio Gurgel.
- Na década de 1930, Lampião e seu bando passou a ser procurado por policiais de vários estados do Nordeste.
O bando passou a viver de saques a fazendas e doações forçadas de comerciantes.
- Em 1930, conheceu Maria Déia (Maria Bonita) que ingressou no bando, tornando-se mulher de Lampião.
Em 1932 nasceu a filha do casal, Expedita Ferreira.
- Em 27 de julho de 1938, Lampião e vários cangaceiros do bando estavam na fazenda Angicos, sertão de Sergipe, quando foram mortos por policiais da volante do tenente João Bezerra.

Curiosidades:



- Lampião também trabalhou, até os 20 anos de idade, como artesão.
- Lampião, ao contrário da maioria dos cangaceiros da época, era alfabetizado.
- Existem várias lendas que explicam a origem do apelido "Lampião".
Uma das mais conhecidas diz que seus companheiros de cangaço deram esse apelido, pois ele atirava tão rápido (como se fosse uma metralhadora) que a ponta de seu fuzil ficava vermelha, parecendo um lampião.
- Lampião apresentava problema de visão e, por isso, usava óculos para leitura.




- Identidades da família de Lampião: 1- Zé Paulo, primo; 2 -Venâncio Ferreira (tio); 3 - Sebastião Paulo, primo; 4 - Ezequiel, irmão; 5 João Ferreira, irmão; 6 -Pedro Queiroz, cunhado (casado com Maria Mocinha, que está à sua frente, sentada); 7- Francisco Paulo, primo; 8- Virgínio Fortunato da Silva, cunhado (casado com Angélica) 9 - ZÉ DANDÃO, agregado da família. SENTADOS, da esquerda para direita: 10 - Antônio, irmão; 11-Anália, irmã; 12 - Joaninha, cunhada (casada com João Ferreira); 13 -Maria Mocinha, ou Maria Queiroz, irmã; 14-Angélica, irmã e 15 - Lampião. Dos nove irmãos da família Ferreira, dois estão ausentes nesta foto: LEVINO, que morrera no ano anterior, 1925, no sítio Tenório, Flores do Pajeú/PE, em combate contra as volantes paraibanas dos sargentos Zé Guedes e Cícero Oliveira. E VIRTUOSA, que, sinceramente, não sei dizer se simplesmente não quis aparecer na foto, ou já era falecida.

Blogs que participam !!!

Solzinha Artes
Bordados e crochê
Poções de Arte
Com mãos de Seda
Ana Laura Artes
Fantasia ...Euzinha !!!!
Retalhos de algodão
Jô Turquezza

Clique no Link e participe também !!!



2 comentários:

Alessandra Santos disse...

Olá!
É super interessante a história dele.ótimo post.
Já levei seu link.
Lindo Domingo!
Um super bjo!

Alê - Bordados e Crochê
Facebook
Twitter
Instagram

Ana Carolina disse...

Olá, Jandira. Adorei conhecer um pouco da história de Lampião, só sabia o que tinha visto na televisão, pois ele é outro lado de onde vivo e aqui estuda-se mais os farrapos rs Parabéns pela participação. Beijos

Postar um comentário

Amei seu comentário ...
Obrigada por visitar e comentar!
Volte sempre !!!

Amigos Google +