6 de jan de 2015

História dos reis magos



Os reis magos são personagens bíblicos.
Segundo o apóstolo Mateus, eles vieram do Oriente, conduzidos por uma linda e brilhante estrela.
Em seu evangelho, Mateus não diz quantos eram os reis magos, nem mesmo o nome deles.
Sabemos apenas que eram mais do que um, pois ele faz a citação no plural. Conduzidos pela estrela, chegaram à cidade de Belém, local de nascimento do menino Jesus, trazendo presentes 
(mirra, ouro e incenso).
Estes presentes possuíam um sentido simbólico.
O ouro representava a realeza, a mirra (resina antisséptica) simbolizava a 
pureza, enquanto o incenso simbolizava a fé.
No contexto bíblico, a palavra “mago” não significa bruxo ou feiticeiro, mas sim 
assume o sentido de sacerdote ou sábio.
Eles possuíam poderes e dons divinos e representavam o reconhecimento de 
Jesus pelos povos da época.

Os nomes dos reis

No evangelho de Mateus não aparecem os nomes dos reis magos.
A quantidade e os nomes de Melquior, Baltazar e Gaspar foram estabelecidos por 
volta do final do século VIII, pela Igreja Católica Romana.
Por isso, os cristãos que não são católicos não reconhecem a quantidade (três) e 
os nomes destes reis, já que são informações que não constam na Bíblia.

O Dia de Reis

No Brasil, na América Latina e em diversos países da Europa, o dia dos Reis Magos é
 comemorado todo 6 de janeiro.
No Brasil, inclusive, várias festas do nosso folclore são realizadas 
no interior do país.
Nos reisados, por exemplo, grupos de pessoas passam de casa em casa pedindo 
presentes e cantando músicas típicas.
Esta festa foi trazida pelos colonizadores portugueses e espanhóis para o continente americano.

4 comentários:

Postar um comentário

Amei seu comentário ...
Obrigada por visitar e comentar!
Volte sempre !!!

Família Santos

Amigos Google +