9 de ago de 2009

Pai ausente

Leia tudo...








    Pai ausente


    Pai, te amo!
    Te amo por tudo
    E por nada do que me fizestes.


    Te amo pelo que me ensinastes
    E pelo que te ensinei.
    Também pelas palavras que sempre


    Quis ouvir de ti, amigo,
    Sem, no entanto, jamais ter ouvido.
    Te amo por cada minuto
    Que passei a teu lado
    E por cada lágrima
    Derramada na tua ausência.


    Te amo pelos abraços apertados
    E me lembro de cada um,
    Como se neles, aconchegado,
    Eu fosse seu filho mais querido.
    Pai, é tão simples te amar,
    Basta me sentir em ti
    E te ter em mim no coração.
    Adeus, pai!




    Parabéns a todos os pais !





0 comentários:

Postar um comentário

Amei seu comentário ...
Obrigada por visitar e comentar!
Volte sempre !!!

Amigos Google +